Primeiras mudas prontas para o plantio

Bom, depois de muito aprender (aprender= errar e consertar) com o plantio do mogno brasileiro, agora chegou a hora de passar as mudas para terra, ou seja, plantá-las em definitivo.

Não são muitas não, mas elas estão ótimas. Temos algo em torno de 80 mudas (figura abaixo) nessa primeira tiragem. Houve muita perda no primeiro plantio. Muita perda mesmo! Não tiramos a casca inicialmente, não utilizamos sementeira/tubete, a irrigação foi demasiada e faltou fungicida.

Mogno pronto para o plantio

Vocês podem estar pensando: “Uai, então deu foi tudo errado!”. Esse é o ponto de vista que não quero ter. Prefiro dizer: “Uai, como eu aprendi!!”. Essa é a idéia que estamos levando adiante.

Prova disso é que as próximas 400 sementes do mogno brasileiro que plantamos em seguida está com um índice de aproveitametno de 70 a 80% de germinação (figura abaixo) e plantamos mais 700 sementes em tubetes, para ver como evoluem também.

Mogno brasileiro com ótimo percentual de germinação

Temos um projeto para o plantio do mogno brasileiro com o cedro australiano. Isso irá acontecer por volta de março/abril 2009. As chuvas estarão acabando nesse período (teoricamente), mas iremos fazer esse plantio com irrigação constante, através de bombeamento por 2 carneiras hidráulicas.

Essas primeiras mudas iremos plantar então provavelmente um uma gleba próxima de nossa casa, na fazenda, para que acompanhemos o seu processo de evolução.

Assim que colocarmos as mudas em definitivo na terra, tiramos algumas fotos e relatamos como procedemos.

Abraço a todos e até lá!

31 thoughts on “Primeiras mudas prontas para o plantio

  1. Parabéns novamente pela iniciativa. Acredito que temos interesses em comum. Como disse no outro post, tenho um viveiro de cedro australiano com aproximandamente 1400 mudas plantadas no final de setembro. Estou crescendo bem. As mudas estão com aproximadamente 8 cm. Estou trocando o viveiro de lugar por causa da posição do sol (muita sombra onde ele se encontra).
    Minha intensão e fazer até o fim do ano que vem mais umas 5 mil mudas para meu próprio plantio.
    Eu moro em BH e meu viveiro fica a 100 km daqui, no sentido de Brasília.
    Pelo que entendi vcs tb são de BH. Caso seja possível gostaria de conhecer o viveiro de vcs.

    Aguardo.

  2. Obrigado, Carlos.

    Nossas regiões de plantios aí parecem ser próximas. Estou em Jequitibá-MG.

    Tirei algumas fotos e postei anteriormente sobre o noss cedro australiano também. Dessa vez não tirei foto deles.

    Nosso cedro australiano está com tamanhos variados, mas os maiores têm mais de 10 cm.

    Onde fica exatamente seu viveiro?

    Abraço e continue conosco.

  3. Olá,
    parabéns pela iniciativa de vocês.
    Moro em BH, e estou com 500 mudas que serão plantadas no final de janeiro. Achei apenas um único documento citando a preparação do solo.

    Gostaria de saber se vocês tem alguma receita para o preparo do solo que receberá as mudas. Por enquanto estou considerando a receita abaixo. Voê concorda?:

    2.3. Preparo do solo
    Na preparação do terreno foi utilizada uma grade
    com discos de 50 cm de diâmetro e logo após foram
    abertas covas com sulcador. A adubação foi feita em cada cova, utilizando-se 100 g de NPK na formulação 4-30-16, não havendo nenhum tipo de calagem. O combate à formiga e aos cupins foi feito, antes do plantio, com formicida em pó, da marca MIREX.

    indicada em documento:

    AVALIAÇÃO DO PLANTIO HOMOGÊNEO DE MOGNO, Swietenia macrophylla
    King, EM COMPARAÇÃO COM O PLANTIO CONSORCIADO COM Eucalyptus
    urophylla S. T. Blake, APÓS 40 MESES DE IDADE1

    “Assis Brasil Guimarães Neto2 , Jeanine Maria Felfili3, Gilson Fernandes da Silva3, Lucas Mazzei3,Christopher William Fagg3 e Paulo Ernane Nogueira3”

    Atenciosamente,

    Eduardo

  4. Olá Guilherme, encaminhei fotos do meu cedro para vc.

    Meu viveiro fica em Paraopeba/MG.

    Tenho disponibilidade de ir à Jequitibá conhecer o trabalho de vc. E fiquem a vontade para me visitar tb.

    Como podemos marcar essa visita?

    Abs.

    Carlos

  5. Oi, Carlos.

    Vi seu email e já respondi. Podemos marcar sim de ver nossos trabalhos, seria legal. Agora no final do ano estamos em comemorações e creio que não irei a fazenda. Vemos isso em janeiro. Será um prazer.

    Suas mudas de cedro estão boas, ao meu ver. As minhas tiveram um pequeno amarelamento nas folhas no final de novembro, mas já estão recuperando do problema. Creio que foi o excesso de sol naquele momento.

    Estamos com mudas de mogno brasileiro lá também.

    Agendamos nosso encontro mais pra frente conforme nossa disponibilidade.

    Abraço e continue participando do Blog!

  6. Olá,estou interessado em reflorestar uma área de minha propriedade e fazer uso sustentado da madeira. Considero a possibilidade de plantar mogno, dentre outras espécies. Gostaria de saber onde encontro informações e pesquisas sobre desenvolvimento, características e exigências de solo e clima dessa espécie, principalmente se ele pode ser plantado junto com espécies do cerrado e se ele se adapta a esse bioma. Desde já, agradeço ajuda.

  7. Olá, Audiney.

    Realizamos nossas pesquisas sobre isso na internet e com pessoas diretamente ligadas a reflorestamento. O mogno no cerrado tem se adaptado bem e os primeiro resultados com grandes plantios têm saído por agora.

    A adaptação tem sido muito boa e se existir o acompanhamento constante nos primeiros anos de plantio e se possível, gotejamento, a evolução é ainda maior!

    Estamos aprendendo também e não sabemos de tudo… Sugiro que consiga essas informações em pesquisas desenvolvidas no meio acadêmico, ao realizar buscas no próprio Google mesmo, ou entrando em contato com o pessoal do IEF ou IBAMA.

    Desde já agradeço sua visita e continue conosco.

  8. Ai vai mais uma dica!

    Não sei a região de Jequitiba, mas a minha região que é ipanema/MG (divisa com ES) é muito morrada, e tentei utilizar do carneirinho para a irrigação mas eles não conseguem suprir a necessidade. Mas conversando na cemig, eles consedem um desconto na cobrança da energia, de 70 a 90% para irrigação durante a noite. Isso viabilizou irrigar meu plantio.

    Estou fazendo como voces. Esse primeiro ano estou plantando poucas arvores para errar bastante e ano que vem acertar bastante quando fazer o plantio maior!

    Mas uma segunda dica sobre esse comentario… Não creio que o plantio de mogno consorciado com de cedro não será tão bom quanto o esperado. Um ponto é satisfatorio quanto à broca que vai diminuir bastante o ataque, mas o cedro vai atrapalhar muito o desenvolvimento do Mogno. Cedro desenvolve muito mais rápido que o mogno, e em um segundo estagio de desenvolvimento as arvores de cedro deverão estar tampando o sol das arvores de mogno, alem de esta capiturando mais nutrientes da terra!

    Tambem estou aprendendo e se puder argumentar para ajudar ficaria agradecido!

    um grande abraço

  9. Olá. Estou com 200 mudas de mogno e 200 de cedro para prontas para plantar. Gostaria de saber qual a adubação ideal para colocar na cova e quando será necesário adubar novamente. E também qual a intensidade de irrigação que seria necessária, ja que irei fazer com gotejamento.

  10. Bom dia a todos!
    Bem, estou iniciando as pesquisas para plantar GUANANDI em região proxima a Brasilia. Estamos no começo de tudo mesmo. E creio que essa deva ser a hora para errar!!!
    Alguem possui informações para a confecção de mudas? Será que é melhor comprar ja mudas prontas em um primeiro momento e depois a gente mesmo fazer essas mudas?
    Ficaria extremamente agradecido se alguem pudesse enviar informações sobre o plantio de Guanandi.
    Boa sorte a todos e forte abraço!
    Henrique Duarte
    henriqueduarte.oliveira@gmail.com

  11. Olá, Henrique.

    É… no início do aprendizado realmente é a hora onde se tentar a errar… mas quando se pesquisa essa margem de erro diminui bem. Você está fazendo certo em procurar ajuda e vai dar certo, se Deus quiser.

    Nós fizemos o plantio do Guanandi na nossa sementeira. O Guanandi foi a espécie que nasceu com melhor vigor a rapidez diante de todas que plantamos (mogno brasileiro, cedro australiano, jequitibá rosa e teca). Impressionante como ela realmente é boa para germinar!

    Conseguimos passar para saquinhos de plástico e iremos com certeza plantá-las junto a mogno brasileiro e cedro australianos em abril, no terreno que estamos preparando.

    Irrigação bem feita e adubação correta são os ingredientes para o sucesso dessa fase.

    Para maiores informações sobre plantio, confira esse link: http://www.sementescaicara.com.br/Sementes/sguanandi.pdf

    Talvez você já tenha visto, mas aí tem boas dicas da espécie.

    Quanto a sua decisão de plantar ou comprar: vai do seu tempo disponível para dedicar e querer acertar. Se acha que tem tempo e quer aprender a fazer, faça! Como te disse, ela nasce bem! Se não tiver tempo e já queira agilizar o plantio, compre.

    Abraço, continue conosco e sucesso!

  12. Prezados,
    Tenho uma plantação de mogno com cedro
    australiano e seringueira e o mais importante é controlar o ataque da broca do mogno. As arvores
    estão atingindo 4m e a dificuldade de controlar
    através do uso de colacid aumenta muito.
    Sds, Nelcindo Gonsalez

  13. Prezados desbravadores e investidores, estou ha algum tempo muito interessado em cultivar madeira nobre através de reflorestamento comercial. Tenho disponível 6 hectares de terra de cultura (fertilidade , topografia, pluviometria etc favoraveis)no município de Pitangui- MG, tenho pesquizado bastante a respeito mas as dúvidas são diversas.Estou dividido entre as culturas de mogno africano/mogno brasileiro/ cedro/ cedro consorciado c/ mogno. Porém percebo que todos vcs ja estão bem evoluídos e respeito e creio aprender muito com suas experiência. Uma das maiores preocupações é o controle da broca aplicado ao nosso mogno, daí a opção para o mogno africano, em contra partida a muda do mesmo é muito cara (acima de 4,50 reais) disponíveis em Goiânia (sac@mudasnobres.com). Seria viável eu mesmo produzí-las? Existe uma forma prática para fazê-las? Há algum manual para construção de um viveiro para produzir em torno de 2500 a 3000 mudas, que é o que estou planejando plantar ( espaçamento 6 x 4,e posterior 6 x 8 metros após o desbaste acima de 8 anos). Tenho informações que o cedro e o mongno, independente de consorciados ou não, são plantados com espaçamento 4 x 4. Me ajudem!!!!!, Pretendo iniciar análize do solo em breve para plantar em dez/2009. Saudações ecológicas

  14. olá amigos boa noite!!!
    tb estou interessadoem plantar mongo brasileiro, alias eu meus familiares queremos plantar em media 3.000 mudas para teste e posteriormente aumentar esse numero q é de 200 mudas para cada pessoa! nossas terras fica em Comercinho MG no vale do jequitinhonha.
    tb qeremos fazer o sistema de gotejamento! bom como quase todos disseram tb vou errar para aprender. gostaria de receber informações suas q são mais experiente!
    desde ja agradeço abraços a todos!!!

  15. Olá, Adriano.

    Como tudo na vida, você tem que analisar o custo/benefício.

    Plantar mudas é ideal quando se é feito corretamente. Não é difícil, mas é importante comprar sementes de um lugar de confiança, irrigar bem, etc. Tenho indicado sementes da Sementes Caiçara pois foi de lá onde obtive minhas primeiras sementes e deu certo.

    http://www.sementescaicara.com.br

    Com relação a escolho do tipo de mogno, de cara, é possível notar uma grande diferença: preço das sementes. O mogno brasileiro tem as sementes bem mais baratas que as do mogno africano. Por esses preços já fica fácil notar o porquê das mudas do mogno africano serem mais caras! Com relação a diferença do preço final das madeiras, não acho que tenha grande margem assim não. Te afirmo que não sei quanto está o preço do mogno africano.

    Sugiro que produza mogno brasileiro. Confira meus posts anteriores, iniciais no blog, e veja como errei e acertei no processo do plantio.

    Consegui uma vez um link para um manual de produção de um viveiro muito bacana. Por favor, acesse o link:

    http://www.fflorestal.sp.gov.br/publicacao/manual_prod_mudas_viveiros_1ed_1993.pdf

    Vou plantar cedro x mogno brasileiro e guanandi no meu terreno. Estou querendo fazer espaçamento em torno de 3 x 3.

    Espaçamento 4 x 4 pode ser bacana para se fazer o esquema silvipastoril ( http://www.cnpf.embrapa.br/pesquisa/safs/ ), onde 3 a 4 anos depois do plantio, possa se soltar gado para comer o pasto, não perdendo assim essa função do terreno por tanto tempo a espera da madeira ficar no ponto de corte.

    Faça suas opções, consulte também engenheiros agrônomos e a embrapa da sua região. Boa sorte!

    Abraço e continue conosco! Nos conte depois como está sua evolução, ok?

  16. À todos amigos, em especial sr. Guilherme, muito obrigado pela atenção. Vou pesquizar os sites recomendados,porém, caso opte por plantar mogno brasileiro é possivel, se iniciar por agora, produzir essas mudas para o plantio de 6 hectares ( 625 mudas/hect com espaçamento 4×4,em torno de 4000 mudas), o tempo é hábil??. Tenho espaço disponível, mão de obra eficaz, o problema é como montar esse viveiro/sementeira( não sei a diferença, desculpe!!!, que material é aquele que recobre o viveiro, onde acho ?????. Vi umas fotos utilizando tela para apoiar os tubetes. Ou seria melhor comprar essa mudas.A questão é a climatização das mudas que seria favorável com a confecção e plantação das mesmas na mesmo bioma.Seria possível conhecer seu viveiro? Meu objetivo é plantar apenas essa área, e no futuro cedro na região de cruzilia( sul de minas). Antecipadamente agradeço

  17. Olá, Adriano.

    Continuo a disposição, Adriano. Muito legal saber que estamos sendo úteis através desse blog para outras pessoas, principalmente em uma causa nobre em que todos só tem a ganhar, principalmente a natureza.

    O espaçamento que escolheu é interessante: não deixa as mudas de mogno brasileiro tão pertas uma das outras e, futuramente, ainda permite o plantio de outras espécias ao redor, como frutíferas, além de utilizar talvez como pasto para gado (quanto as árvores estiverem maiores).

    Grande quantidade de mudas juntas pode levar ao aparecimento da larva (Hypsipyla grandella). Por favor, leia esse artigo comparativo de plantio homogêneo e plantio consorciado:

    http://www.scielo.br/pdf/rarv/v28n6/23978.pdf

    Com relação ao tempo que pretende plantar, se quer mesmo em 6 meses, talvez seja necessário adquirir as mudas, porque elas requerem cuidado e tempo para serem produzidas. Mas, apesar disso, não é difícil fazer não!

    Caso opte pelo plantio, meus primeiros comentários mostram como montar um viveiro simples. Sugiro que realize as semeadura em sementeiras de areia com esterco (veja os meus artigos anteriores) ou no tubete, com substrato adequado. Estou tendo melhores resultados nos tubetes!

    Nesse ano vou fazer outro plantio maior de mudas. Caso tenho interesse, você pode encomendar mudas comigo, combinamos o preço e vemos uma forma de levar até você.

    Por acaso, meu pai nasceu em cruzília! Sou da família Maciel (até tá cheio deles no sul de minas!). Estou sempre indo a Baependi.

    Meu viveiro está aqui perto de Sete Lagoas, em Jequitibá. Assim que realizar o plantio, podemos marcar sim de ver aqui meu terreno, Adriano. Será um prazer.

    Espero ter ajudado.

    Abraço e continue conosco.

  18. Bom colegas!!

    Efetuei o plantio do cedro australiano em janeiro de 2009 em Ipanema_mg,em altitude de cerca de 500 metros.Hoje tenho árvores de cerca de 80 cm e também arvóres de cerca de 20 cm.Acredito que não combati a braquiária(raiz profunda) de forma correta e com isto não consegui resultados homogênios em todo o plantio.Outra dica importante é não efetuar o coroamento, principalmante em braquiária e sim curvas de nível(triagem) em terrenos acidentados, pois com certeza o resultado é muito melhor.Concordo que o plantio deve ser feito em consórcio e não misturado com várias plantas em uma mesma área conforme colega PC!!

    att, Eduardo

  19. AI MOÇADA.
    VOCES ESTÃO DE PARABÉNS, CONTINUEM PLANTANDO, PESQUISANDO QUE LOGO OS RESULTADOS APARECEM.
    FIZEMOS UM PLANTIO DE EUCALIPTO EM JANAÚBA, NORTE DE MINAS, MAS NÃO TIVEMOS SUCESSO, DEVIDO À CUPINS E FORMIGAS.
    MUITAS MUDAS VINGARAM DE UM ANO PARA O OUTRO, AGUENTARAM A ESTIAGEM, MAS NÃO SUPORTARAM O ATAQUE DOS CUPINS E FORMIGAS.
    FIQUEM ATENTOS À ESSAS PRAGAS.
    UM ABRAÇO.

  20. Primo Cristiano, fiu de Tio Dominguinhos.
    uhuaauh

    Obrigado pelas dicas e assim que puder, passe lá em casa para ver nosso plantio. O Dinho te mostra tudo lá certinho! Peça para dona Marisa fazer um frango a molho pardo pra você que ela faz!

    Depois me conte lá em casa (e melhor ainda se contar aqui no Blog para ajudar a todos) detalhes do seu plantio pra gente ficar atendo as pragas que atuaram no plantio de vocês.

    Abraço e continue acessando sempre aí nosso Blog, primo.

    Guilherme (fio da Tia Marisa).

  21. Olá pessoal… Tive analisando alguns comentarios e algumas materias sobre a plantação de mogno. Gostaria de algumas dicas de como iniciar nas atividades. Tenho um terreno de 6 hectares em Itapecerica – MG (regiao centro oeste de minas )gostaria de saber se é um lugar propicio tendo em vista q possui um vasto cerrado e boas pastagens também. Desde já agradeço.

    Atenciosamente.

  22. Olá, Luiz Fernando.

    Você deve fazer uma análise do seu solo e ver se haverá necessidade de irrigação. Em princípio, sua região teria problema algum.

    Estou plantando em cerrado também e tem muita gente plantando no norte de minas, inclusive.

    Creio que não há problema na sua região.

    Abraço para você e sucesso no seu planos!
    Continue conosco aqui no Blog!

  23. Eu estou no Sul de MInas, sou um apaixonado pela natureza, e plantei 200 mudas de mogno e 100 de cedro Australiano em Campestre-MG, eu busquei as mudas em Espera Feliz -Mg, uma viagem louca para buscar essas mudas. Eu fiz a plantação em 20 de dezembro de 2008, portanto estou com 8 meses de plantação, o Cedro se adaptou muito bem, já tenho árvores de quase 2 metros, mas o mogno está bem difícil, primeira a luta contra as formigas, mas o que judiou foi a geada, agora as mudinhas estão recuperando, estou na esperança de vencer, aprendendo também. Hoje que vi esse Blog, vou começar a visitá-lo mais para aprender e trocar experiências.

  24. Olá, Waldemilson.

    Mas é isso aí… com os problemas a gente vai aprendendo e corrigindo.

    Espero que alcance o sucesso aí. Continue nos reportando suas experiência, principalmente por estar aí no sul de Minas (com uma condição de clima diferente de onde estou, região central do estado).

    Continue conosco no Blog!
    Abraço!

  25. As mudas estão reagindo a geada, poucas mudas realmente se perderam, estão brotando, como tem chovido bastante por aqui, elas estão crescendo.

  26. Muito Prazer,

    Tenho um Fazenda em Abaeté, centro-oeste mineiro,
    e também tenho interesse em plantar mogno ou cedro.
    Gostaria de aprofundar mais sobre o assunto e se possível, conhecer alguns viveiros dos colegas.
    Obrigado!

  27. Bom dia.

    Parabéns pela iniciativa e sobretudo pelo compartilhamento de informações.

    Favor, tentei acessar o link que você sugeriu para fazer o viveiro, porém o mesmo deu inexistente.

    Consegue me ajudar enviando o arquivo ou disponibilizando de outra forma?

    Muito obrigado

  28. Olá, irei fazer um plantio com as seguintes especies e gostaria de saber qual o melhor preparo do solo para cada uma das especies e suas adubações de plantio e de manutenção. Obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *