Inseticida para salvar o mogno

Inseticida para salvar o mogno

A grande procura pela madeira de mogno (Swietenia macrophylla ), a exploração predatória e o conseqüente risco de extinção levaram ao reflorestamento da planta na região amazônica. O problema é que a lagartaHypsypyla grandella , conhecida como broca-do-mogno, ataca a árvore, impedindo seu desenvolvimento, especialmente no reflorestamento, onde a densidade é muito maior que na floresta. Uma equipe da Faculdade de Ciências Agrárias do Pará (FCAP), liderada pelo pesquisador Orlando Shigueo Ohashi, achou uma solução conjugada para a questão.

Com a colaboração da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e do Departamento de Química da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), e o apoio financeiro do Banco da Amazônia e da SECTAM/Funtec, Ohashi cultiva o mogno ao lado do cedro-australiano ou cedro vermelho (Toona ciliata ), cuja planta atrai para si cerca de 80% das posturas feitas pelas mariposas da broca-do-mogno. Quando os ovos eclodem, as lagartas se alimentam das folhas do cedro-australiano, mas morrem por causa de algumas substâncias tóxicas da planta.




Ocorre que 20% das posturas são feitas no próprio mogno. Para combatê-las, Ohashi criou uma cola à base de polibuteno misturada a um inseticida químico do grupo dos piretróides, muito usado no Brasil. “Colocamos dois pingos da Colacid somente na brotação nova das plantas de mogno em crescimento”, diz o pesquisador. O produto mostrou-se eficaz no controle da praga sem ser tóxico para a planta. Mais uma vantagem: o custo é muito baixo. O tratamento em um hectare com 100 plantas de mogno sai, em média, R$ 24,00 por ano (Colacid e mão-de-obra).

77 thoughts on “Inseticida para salvar o mogno

  1. Boa noite, João.

    É bastante chão para se plantar (30ha). Obviamente, você tem opção de plantar a partir de mudas (comprar mudas) ou plantar as suas próprias.

    Procure empresas capazes de te fornecer mudas de qualidade, nota fiscal e garantia (percentual) de sucesso no plantio.

    Caso plante as mudas, é necessário um estudo do seu terreno e formar o substrato (terra + esterco + adubos) ideal para o plantio.

    Quando comecei a ler a respeito de mogno, vi esse site: http://www.riomudas.com.br/mogno.htm

    Abraço e bom final de semana, João.

  2. Sobre a utilização do Cedro Australiano consorciado com o Mogno a fim de fazer um controle biológico da broca, gostaria de saber se o Nim Indiano, que é uma Meliácea como o Mogno, teria a mesma capacidade de atrair as mariposas e como o Cedro eliminar as larvas.
    Abs.

  3. Boa noite, Sérgio.

    Já li alguns textos a respeito disso e já escutei de biólogos essa mesma linha de raciocínio sobre o Nim Indiano. Mas efetivamente, não li nenhuma publicação de pesquisa feita sobre isso, ao contrário do Cedro Australiano.

    Uma coisa é importante lembrar: se o Nim efetivamente tiver o mesmo efeito do Cedro Australiano, comercialmente ele pode proporcionar vários benefícios a quem os plantam pois vários produtos podem ser feitos das folhas, cascas, raízes etc.

    Para maiores detalhes do Nim (não sei se chegou a ler mais a fundo sobre ele), por favor, acesse os links:

    1- http://www.mognobrasileiro.com.br/wp-content/uploads/2008/04/usos-e-aplicacoes-do-nim.doc
    2- http://www.neemfoundation.org
    3- http://www.neembrasil.com.br

    Abraço e espero ter sido útil, Sérgio.

  4. Pelo que estou vendo o cedro australiano pode ser uma ótima ajuda, mas em que proporção consorciar e em qual espaçamento? é viavel esse tipo de consorciação p uma área de 35 ha?

  5. Boa noite, Arlene.

    Creio que o tamanho da área, uma vez que o Cedro Australiano atua na manuteção da broca do Mogno, não seja o fator de grande preocupação no seu caso.

    Quanto ao espaçamento, já li sobre 2 x 2 metros ou 3 x 2 para o Cedro Australiano. Talvez esse espaçamento poderia ser aumentado e o Mogno entraria intercalado. O fundamental também é ter cuidado para as copas não se sobreporem enquanto crescem. Boa irrigação e sol constante são sinônimos de crescimento a todo vapor, claro.

    Não tive experiência prática mas foi isso que encontrei como referência para esse tipo de consórcio.

    Continuemos trocando idéias e experiências!

    Abraço e uma ótima semana para você!

  6. Gostaria de conhecer os plantios de mogno na região de Pirapora, mas não consegui retorno dos e- mails que mandei para diversas instituições Públicas solicitando informações sobre os produtores. Seria possível vcs me fornecerem endereços, e-mails, sites de algum produtor da região? Temos intersse esprcial em contactar o Sr. Antônio Serrati Massine, pioneiro no cultivo do mogno. Caso possam me ajudar ficarei muito grato.

  7. Olá boa Noite !

    Gostaria de saber como fizeram pra quebrar a dormencia das sementes para colocar no saquinho.Outra pergunta seria, o NPK usado qual a medida. No site vcs colocaram ” por exemplo ” 20-10-20. Seria isso mesmo ??? Minha terra é boa seria um encremento.

    Espero poder contar com vcs !!!

    Abraço

    Tiago

  8. Boa noite, Thiago. Seja bem vindo!

    A dormência foi quebrada deixando as sementes (com casca mesmo) por 48 horas em água a temperatura ambiente. Deixei dentro de um balde mesom. Essa inclusive foi a indicação no manual que segue junto as sementes da Sementes Caiçara (www.sementescaicara.com.br)

    Com relação a quantidade de NPK, é exatamente essa que usamos: 20-10-20. Sua terra sendo boa por certo é um incremento! Falta agora você conseguir também um bom esterco.

    Qualquer dúvida quanto as proporções de terra, esterco e adubo, faça uma análise do seu solo em uma instituição competente e se dirija a um técnico ou agrônomo. Tudo varia conforme necessidade.

    Abraço e continue postando suas dúvidas e experiências!

  9. Srs: Tenho pesquisado sobre mogno e gostaria de me aconselhar com alguém que já tenha o mínimo de experiência sobre o assunto para que possa avaliar os prós e contra de plantar uns 10 ha. Como trabalho com consultoria de gestão e não pretendo largar as atividades atuais para me dedicar integralmente a essas novas atividades, precisaria de alguém que me assessorasse nas diversas etapas. Tenho entrado em contato com os mais diversos organismos governamentais e não governamentais e as respostas têm sido tão evasivas que chego a crer nãohaver, pelo menos em Recife, ninguém com condições de me dar um norte. Acho difícil que aqui (Recife) nunca se tenha feito nada semelhante, que ninguém saiba nada, faculdades, embrapa, etc.. Enfim, continuo tentando e se me puderem ajudar, ficarei extremamente grato. Atenciosamente

  10. Bom dia, Joel.

    Não conheço ninguém no nordeste e nem li nada a respeito de plantio de Mogno por aí (não que isso não aconteça… mas é que eu realmente não vi nada a respeito mesmo).

    Aqui em Minas Gerais a Emprapa e IEF costumam dar assessoria sim nesse trabalho. Entre no site desses orgãos e tente obter informação mais detalhada com eles e se possível ligue.

    Essa é minha sugestão.

    Abraço.

  11. Gostaria de conhecer os plantios de mogno na região de Pirapora, mas não consegui retorno dos e- mails que mandei para diversas instituições Públicas solicitando informações sobre os produtores. Seria possível vcs me fornecerem endereços, e-mails, sites de algum produtor da região? Temos intersse esprcial em contactar o Sr. Antônio Serrati Massine, pioneiro no cultivo do mogno. Caso possam me ajudar ficarei muito grato.

  12. Por favor,

    alguém sabe me falar como é este inseticida feito com cola ? Onde consigo informações sobre o manejo do mogno e principalmente sobre o controle da broca ?

    Desde já agradeço

  13. Olá, Fábio.

    Cara, não tenho conhecimento sobre esse inseticida e inclusive vou precisar de alguma solução sistêmica ou não para esse problema também.

    Essa broca é o principal perigo que assombra o cultivo e as informações a respeito dela ainda estão escassas.

    Caso fique sabendo de como produzir esse inseticida, por favor, nos avise aqui. Será de grande valia.

    Abraço e continue conosco.

  14. Paulo Cézar,

    Também não sei a fórmula, que, ao que parece, é segredo de estado. Abaixo transcrevo resposta de um e-mail que o prof. Shigueo, inventor da fórmula me deu. O e-mail do professor é shigueo@amazom.com.br. Eu já fiz uma aplicação do produto dele e acho interessante trocarmos e-mails a respeito.

    falofe@netsite.com.br

    Sim tenho desenvolvido pesquisas visando o controla da broca do mogno e
    uma das alternativas mais garantidas é a aplicação da Colacid (uma cola
    especifica para a broca do mogno) pq tem uma eficiência de até 100% se
    for bem aplicada.
    Como este trabalho é mais ou menos recente e o plantio de mogno no
    Brasil é ainda pequeno, devido ao temor pela broca do mogno,
    evidentemente que o consumo desta cola é reduzido não compensando ainda
    se constituir qualquer pequena empresa para produzir e comercializar,
    devido ao grande numero de taxas, aluguel, etc. Por isso que até agora,
    tenho atendido diretamente aqueles plantadores mais interessados fazendo
    a Colacid de forma artesanal. Como por exemplo estou retornando de uma
    visita tecnica que fiz ao plantio do Sr. Nelcindo Gonsalez que tem 10000
    pés de mogno em S. José do Rio Preto com zero% de ataque da broca após 2
    meses de uso da Colacid.
    Deve-se usar a Colacid toda vez que a planta lançar um broto de
    crescimento vertical, passando dois pingos na parte superior deste
    broto. Esta cola funciona no sol e na chuva, com uma persistencia de
    mais de 1 mes, tempo suficiente para o broto amadurecer, qdo então não é
    mais atacado pela broca. Aqui na região de Belém, o mogno lança de 4 a 5
    brotos por ano, portanto deve ser protegido de 4 a 5 vezes por ano. No
    seu caso, vai depender do numero de lançamentos por ano.
    Não conheço nenhum especialista em mogno aí na região de Uberlândia. Na
    verdade são raras as pessoas que trabalham com mogno devido ao problema
    com a broca por que até então, não se tinha um produto eficiente e
    economico.
    O preço da Colacid é de R$ 200,00/kg, mas um kilo dá para 2000 brotos
    novos pq se gasta em media cerca de 0,5g/planta.

  15. Bom dia
    Ja mandei email para o profº Shigueo, mas ele não retornou, como faço para adquirir a cola a base de polibuteno?, como fazer o colacid?
    ou como adquirir o COLACID?

  16. Boa noite, gostaria de saber se alguem pode me indicar um lugar onde aquirir mudas de mogno brasileiro, vou plantar na regiao de Ponte Nova, Minas Gerais. Tinha encomendado 500 mudas, porem como o pessoal era de pouco credibilidade, nao foram feitas, e gostaria de plantar ainda em novembro. Desde ja agradeço, e parabéns pelo site.

  17. Olá amigos, muito bom seu site!
    Estou ingressando nas experiências em cultivo com o Mogno brasileiro e eoutras espévies, assim como vocês adquiri sementes com o willian da Sementes Caiçara, num primeiro teste com 200 semente, plantei metade com a casca e metade sem a casca, em sementeiras com substrato. Bom vou informar meus resultado para contribuir com qualuqer um que deseje ingressar nessa área. As sementes com casca eu obtive uma germinação de 85%, e nas sementes sem casca uma germinação de 50%,sendo as que não germinarão viraram uma espécie de geleia, ou seja apodreceram. outro resultado é que as sem cascas germinaram mais rápido e as com casca tiverem uma germinação mais lenta, posso dizer que atualmente não se nota diferença significativas nas mudas, o que posso afirmar é que coma casca realmente as sementes ficam mais protegidas e com uma umidade adequada.
    Agora vem minha questão, gostria de saber quanto a exposição ao sol, posso deixar as mudas com 1 mês diretamente no sol sem problemas? ja percebi que elas gostam de sol, mais tive problemas com algumas, as quais começarama a queimar a ponta das folhas, então aumentei o sombreamento a aparentemente este era o problema.Será que estou certo ou será que é algum outro fator que ocasionol a queima das pontas das folhas?
    Eu tambem estou germinando no momento Cedro, Cerejeira e Pau de Balsa e torcendo para dar certo…
    Sucesso com seu cultivo!
    Abraços!

  18. Olá, Fábio.

    Muito bom seu comentário.

    Com relação ao sol, o ideal no início seria permitir apenas num período do dia, como umas 4 horas de sol direto, por exemplo. Isso faria com que a muda não ficasse sem ele, mas por outro lado também não fosse por muito tempo.

    Inclusive, realizando dessa forma, depois é necessário que as mudas passem por períodos maiores do sol antes de ir para o plantio. (e não plantar direto, pois a muda pode sentir o sol excessivo!)

    Em contrapartida, meu Cedro Australiano está no sol direto e tem evoluído muito bem!

    Tive problema com as pontas dos meus mogno também, assim com você.

    Obrigado por escrever aqui no Blog, Fábio, e continue colaborando!

    Abraço!

  19. Tenho grande interesse e necessidade adquirir o colacid. Por favor, se alguem puder fazer o favor de me informar, ficarei muito agradecido.

  20. boa tarde

    gostaria se possível informações sobre o plantio de mogno na região do sul de minas (Eloi Mendes) quanto aos fatores climaticos (se necessito tecnicas de irrigação) e onde adquirir mudas de qualidade. Desde já agradeço.

  21. Olá, Luiz.

    Não tenho conhecimento específico sobre o plantio no Sul de Minas, mas já li a respeito do plantio em Santa Catarina e regiões mais do sul do país. E deram certo.

    Baseado nisso e que no sul de minas tem um bom índice pluviométrico, creio que há problema algum do plantio na região. As terras aí são férteis. Em períodos de seca, talvez seja necessário a irrigação.

    Quanto a aquisição de mudas, esse ano estamos abertos para pedidos de produção de mudas de mogno brasileiro, cedro australiano e guanandi. Caso tenho interesse, podemos conversar e combinar uma encomenda para o período do ano que precisar.

    Abraço, obrigado por nos visitar e continue conosco.

  22. Boa tarde a todos, há aproximadamente 5 anos atrás iniciei algumas pesquisas sobre mogno e outras espécies, troquei muitas informações com meus primos que residem no interior do Pará e que iniciaram plantações de Mogno e Teca em 2004. Em janeiro de 2008 plantei 650 mudas na cidade de Oliveira (sul de Minas) e após um ano elas já estão, em média, com 1,70 m.Desde o início da plantação tenho aplicado dois compostos de produtos, intercalando-os em 15 dias, durante a fase de brotação (de 4 a 5 por ano), o resultado no meu caso é 100% de eficacia, tanto para a broca do Mogno quanto para outros ataques (grilo, cigarra, fungos). Ainda neste mês irei fazer a distribuição destes produtos, o preço não é alto, em torno de R$ 50,00 cada composto, para diluir em 50 litros cada um.

  23. Tenho um plantio de mogno com cedro australiano e desde o inicio estou utilizando a
    colacid do professor Orlando Ohashi.
    A area esta localizada no oeste do estado de SP
    e esta se desenvolvendo sem ataques.
    Parte do mogno esta com 4,0 m e o produto tem agido eficazmente no combate a lagarta.

  24. Claudio Mendonça,

    Estou preparando algumas mudas, que já estão com cerca de 30 cm na região central de Minas.
    Voce informou que está aplicando dois compostos de produtos em sua plantação. Quaias são estes produtos? Seria o colacid?
    Outra questão seria: Na fase das mudas, antes do plantio, tenho que utilizar algum produto? Adquiri óleo de Neen, mas ainda não chegou. Alguém tem utilizado ou conhece este inseticida natural? Algumas folhas estão aparecendo cortes, tipo formiga ou lagarta, não sei corretamente o que é. Pedi orientaçaõ a um viveiro do município e eles indicaram pulverização com inseticida. O que faço?

  25. Olá, parabéns pelo site.
    Estou cultivando em viveiro mudas de mógno aqui em Coração de Jesus,norte de Minas. No dia 10/03/2009 plantei 1655 mudas. no dia 31/03 nasceu a primeira muda. Até hoje, 15 de abril, somente 35% das sementes plantadas (todas com a com a casca) nasceram. Não cheguei a quebrar a dormências das mesmas. Afinal qual o tempo limite para as outras nascerem? Por curiosidade observei uma semente que ainda não tinha nascido, a mesma ao ser quebrada estava com uma substância cremosa em seu interior, há possibilidade das outras nascerem ainda?
    Obrigado e sucesso nos cultivos.

  26. Obrigado, Hermano.

    Ter deixado a casca realmente foi um fator negativo para o seu plantio. Passei pela mesmíssima experiência… Perdi bem mais que essa porcentagem que você está tendo aí de mudas!

    Quanto a dormência, também quebramos sempre que plantamos: deixamos num balde com água de uma dia pro outro apenas. Sem exageros.

    Tive também exatamente esse problema da substância cremosa: isso é excesso de umidade e dificuldade de sair da casca, fazendo com que ela apodreça.

    Há possibilidade de outras sementes germinarem sim. Mas irá demorar um pouco mais. A casca por certo é um grande obstáculo na germinação.

    Sugiro o seguinte. No dia anterior ao plantio, jogue as sementes num bande com água e mexa. Espere uns 10 minutos. Depois, chame alguns amigos e comecem a retirar as cascas COM BASTANTE CUIDADO PARA NAO QUEBRAR AS SEMENTES! Tem um jeitinho certinho de tirar a casca, você vai perceber.

    Qualquer outro dúvida, poste aqui e tentamos ajudar.

    Abraço e sucesso!

  27. Boa noite, sr. Sisenando. Enviei um e-mail para o sr e para o Wilian, da Sementes Caiçara. Comprei minhas sementes lá e fui muito bem atendido por ele.

    Ao conversar com o Wilian, por favor, cite que foi indicação do Blog Mogno Brasileiro, ok?

    Com 1 kg de sementes de mogno brasileiro (com casca) é possível fazer em torno de 1300 mudas. Mas isso varia um pouco, claro.

    Abraço e sucesso!

  28. Olá!
    Gostaria de saber se na mata atlantica o reflorestamento de mogno daria certo?
    é que tenho uma pequena área de terra e gostaria de fazer o plantio de mógno, pois aqui na região predomina o eucalipto e o pinus. Seria o mais correto investir no mogno? Grata!

  29. Prezado,

    Tenho uma propriedade no interior do estado de São Paulo, Presidente Prudente, e com o intuito de auxiliar a viabilidade fianceiramente da propriedade e criar uma previdência para o futuro, gostaria de obter informações sobre o plantio e tutoramento desta magnifica árvore, Mogno e a necessidade do cedro australiano para o auxilio do combate da broca. Em algum e-mail neste site, notei que o senhor Nelcindo Gonsalez possui uma propriedade com um belo plantio em São José do Rio Preto, cidade relativamente próxima a Prudente e que tenho alguns contato e possibilidade de visitar. Gostaria de conhece-lo e obter informações que me auxiliem e me encorajam a iniciar nesta atividade.

    Meu email profissional: ivo.prado@damha.com.br

    Aguardo contato.

    Grato e parabéns pelo canal de comunicação desta bela comunidade.

    Abraços,

    Ivo.

  30. Para qualquer dúvida estou a disposição, estou produzindo mudas para comecializar entre as propriedades proximas de BH, os compostos colacide e fungicida eu represento, são oriundos de experiencias do interior do Para, onde foram aplicados, apresentam 100% de eficiencia, qualquer duvida independente de aquisição, podem fazer contato e farei o possível para esclarece-las.

  31. Boa noite,
    parabéns pela atitude de contruir este site de relacionamentos e trocas de experiências qto ao plantio de mógno. Sou de Rio Verde-GO e estamos, meu sócio e eu, iniciando uma plantação de mógno brasileiro em 25 hectares de terra aqui.Somos Cirurgiões Dentistas e estamos bem otimistas qto ao projeto. Manteremos contatos. Grato, Maurício

  32. Qual é a recomendação de adubação para o mogno brasileiro no 1º ano e nos subsequentes?
    Quais os tratos culturais em geral para o mogno brasileiro?

  33. bom dia,

    Tenho uma área plantada de mogno, no qual esta sendo atacado pela broca. Gostaria de saber qual a proporção deste inseticida para que eu possa fazer o combate ou onde possa adquir esse produto.
    Obrigado desde já

  34. Por favor preciso urgente deste [colacid] se possivel me enfome onde comprar . tenho um plantio com 1000 pés de mogno, e estas benditas lagartas ja acabou com 20 deles . to uzando inseticida tamaron mas nao sei se vai resolver . se vc puder me passa um numero de telefone entrarei em contato com vcs ai . obrigado lindomar pereira guedes de malacacheta MG

  35. Bom dia…
    Estou preparando umas 500 mudinhas de MOGNO para plantá-las , em janeiro de 2010 , numa propriedade situada às margens do Rio Miranda , BONITO , MS , e preciso conseguir a COLACID …
    Será que alguém pode me ajudar ?

    SAUDAÇÕES E AGRADECIMENTOS

  36. Formula do COLACIDE emcontrada na Internet:

    300 g cola a base de Polibuteno
    15 ml Inseticida a base de Piretroides
    15 ml Adesivo Espalhante

    duas gotas sempre que aparecer novos brotos +- 4 vezes ao ano.

  37. Olá Luiz Paulo…
    Obrigado pela sua atenção , porém estou à procura desta cola à base de polibuteno sem sucesso…nem mesmo o William da sementes Caiçara pode me ajudar…pois as casas do ramo por ele indicadas não tinham conhecimento de tal produto…mas continuo a procurá-la , já que devo replantar as mudas de MOGNO ainda neste mês e preciso estar preparado para enfrentar todos os problemas que poderão aparecer…
    Uma das providências necessárias já está em curso , pois vou consorciar o Mogno com o Cedro Australiano na proporção de 1/1 …Com isso , segundo os resultados de pesquisas publicados aqui na net , devo espantar a praga em pelo menos 80% do plantio…Como estou aprendendo a lidar com o plantio de Mógno , estou aberto a todo tipo de informação que possa ser útil..
    Meus agradecimentos pela sua atenção..
    Muito Obrigado…

  38. Wilson,

    Estou usando uma cola da Rogama – Rogama Gel (veja endereço abaixo).
    Adquiri na Drogaria Araujo no Seasa de Belo Horizonte – MG por R$22,00 – 250g.
    Esta cola é para repelir Pombos e Morcegos.
    Se voce encontrar algo mais em conta me informe.
    Só daqui a 2 anos vou comprovar sua efetividade.
    Vamos trocando experiencia mas pode ficar tranquilo que a Grandela só vai atacar (se atacar)sua plantação no minimo um ano após o plantio (+ ou – uns 2 metros de altura).

    http://www.rogama.com.br/inseticidas.html

    Luis Paulo

  39. Caro Wilson Roberto e Luis Paulo,
    A grandela não só ataca depois de 1 ano ou 2 metros de altura, acabei de chegar da minha plantação e viveiro e tive a decepcão de encontrar as brocas nas mudas ainda no viveiro, estou a procura da compra ou fabricação da cola, e acho que todos podem ficar atentos que a qualquer momento elas podem aparecer.
    Se alguem quiser ver as fotos que tirei ontem das brocas é só solicitar aqui ou me mandar um e-mail para viveiropassabem@gmail.com

    Marco Costa

  40. Caro Wilson Roberto e Luis Paulo,
    A grandela não só ataca depois de 1 ano ou 2 metros de altura, acabei de chegar da minha plantação e viveiro e tive a decepcão de encontrar as brocas nas mudas(3 meses)ainda no viveiro, estou a procura da compra ou fabricação da cola, e acho que todos podem ficar atentos que a qualquer momento elas podem aparecer.
    Se alguem quiser ver as fotos que tirei ontem das brocas é só solicitar aqui ou me mandar um e-mail para viveiropassabem@gmail.com

    Marco Costa

  41. bom pessoal, o maximo que consegui na internet sobre o colacid é o seguinte:
    Formula do COLACIDE emcontrada na Internet:
    300 g cola a base de Polibuteno
    15 ml Inseticida a base de Piretroides
    15 ml Adesivo Espalhante

    tambem:
    a cada 300 gramas de cola mistura-se 15 mililitros de Decis e mais 15 ml de espalhante para melhorar a aderência e dar mais viscosidade ao produto.

    tambem:
    Colacid
    (polibuteno+piretróide)

    qualquer nova informação por favor contactar:
    mognobrasileiro@hotmail.com

  42. Luis,

    Vi que você estava a procura da cola a base de polibuteno, comprei uma cola a uns 2 meses para combater as formigas, isto é, impedi-las de subir até as folhas e vi a composição dela e acho que vai atender muito bem para a fabricação da colacid.
    Cola entomologica a base de polibuteno 1 kg – R$42,00
    Contato: Alexandre Andrade
    Colly Química
    (19) 3488-1320
    (19) 9127-8200
    http://www.stopinset.com.br/refis-pega-mosca-adesivo-cola-mosquito.html esse link é só para ver a cola, mas comprei mais barato com o contato anterior.
    Adesivo espalhante -1 litro – R$12,00 – Casa do Fazendeiro
    Inseticida Decis 1 litro- R$52,00 – Casa do Fazendeiro

    Marco Costa

  43. Ola, Luiz e Willian, tenho uma plantacao de mogno com 1000 pes, fez um ano de plantacao, com mais ou menos 1 metro e meio de altura, a praga ja deu uma vez em alguns pes, e esta atacando agora. Como faço para adquirir esses produtos com mais facilidade e rapidez. Moro no leste minas, perto de Teofilo Otoni.

  44. Onde posso encontrar esta cola a base de polibuteno .e inseticida a base de piretoides e o decis.conforme emformaçao na net e eficaz para combater a lagarta do mogno por favor se alguem poder me emformar estes ou algum outro produto que possa conbater estas malditas lagartas ficarei mt grato .se puder me passa numero telef entrarei em contato . obrigado

  45. Bom dia Pessoal,
    Plantei 2mil mudas de mogno em dez/2008 e em março/2010 algumas árvores foram atacadas. As arvores estao em média com 1,5m de altura.
    Vou aplicar o inseticida Supracid ( 1ml por litro ) para combater a broca. Vou testar também a formula de colacid informada no blog. Assim que tiver os resultados publico aqui.

    Segue algumas fotos do ataque na minha plantação.
    http://picasaweb.google.com/113571143280283946905/BrocaMogno?feat=directlink#

  46. Considerando os problemas com o mogno brasileiro,não passa a ser mais viável a produção do mogno africano?
    Aguardo retorno e abraço a todos.

  47. Boa tarde companheiros.

    Iniciei um pequeno estudo a respeito do plantio de mogno. Muito grande são as espectatis a respeito do cultivo de mogno, evidenciado pelo número crescente de produtores. Li sobre inúmeros grandes e pequenos produtores. Porém faço o seguinte questionamentopelo fato de não ter encontrado estudos sobre as perspectivas de absorção desta crescente produção no merado mundial

  48. Boa tarde!

    Iniciei um pequeno estudo a respeito do plantio de mogno. Muito grande são as espectativas a respeito do cultivo de mogno, evidenciado pelo número crescente de produtores. Li sobre inúmeros grandes e pequenos produtores. Porém faço o seguinte questionamento – pelo fato de não ter encontrado estudos sobre as perspectivas de absorção desta crescente produção no merado mundial: Alguém tem uma idéia concreta e respeito de como venderá sua produção? Será que os números são estes mesmos espalhados pela net? Fiquei sabendo que o mogno era monopolizado há uma década atras e seus produtores eram um pequeno grupo já bem inserido no negócio. E os novos pequenos e médios produtores???

    Grato!

  49. Ola,,
    Tenho 1500 pes de mogno com tamanho aproximado de 1.50 cm,,estou pensando em adubar,,qual seria o adubo ideal??Ja li aqui varias formulacoes de NPK,,alguem poderia me ajudar?Obrigado

  50. CARO GUILHERME PARABÉNS PELO TRABALHO QUE VEM REALIZANDO NA INTERNET,EU TENHO UMA FAZENDA EM PERNAMBUCO NA ZONA DA MATA E PRETENDO PLANTAR EM MAIO DE 2011 1500 MUDAS DE MOGNO BRASILEIRO E FIQUEI PREOCUPADO AO SABAR QUE A LAGARDA DA BROCA CHEGOU NA SUA PLANTAÇÃO DE MOGNO,AGUARDO DO AMIGO RESPOSTA SE CONSEGUIO NO MERCADO COMPRAR O CALACID.

  51. olá,

    Parabens pelo blog, os comentarios sao de grande ajuda.
    tenho interesse em adiquirir colacid e sementes para cultivo do mogno brasileiro.

    aguardo contato,
    abraços.

  52. as brocas estãõ atacando os mognos enquanto não consigo veneno para matar estou fazendo almadilhas corto o litro de refrigerante fasso duas janelas uma de cada lado dobro as parte pra dentro e coloco suco e penduro nus galho das arvores pega tudo que e isetos

  53. Estou utilizando a adubação de cobertura abaixo:
    NPK 20.05.20 c/ 0,5% Zn,0,5% Cu,0,5% B e 0,5% Mn Estou colocando 100 gramas por muda. O cobre é importante p/ o Mogno.
    Comprei sementes da “Sementes Caiçara” que vende o COLACIDE por R$280,00/litro ( muito caro).
    Utilizo a cola em bisnaga da ROGAMA e preparo conforme a fórmula dada pelo João Gabriel neste blog.
    Luis Paulo.

  54. Amigos, penso em entrar neste negócio em breve. Quanto a pergunta sobre a demanda desta produção, fica fácil responder. Basta a gente ver o crescente desmatamento, feito de maneira ilegal para sabermos o quanto é valioso este produto. Pensei que o Brasil era repleto de madeira de lei, e hoje isso é cada vez mais raro. A crescente oferta não conseguirá superar a demanda, portando o preço pode até oscilar, mas não acredito na possibilidade de prejuízo. Comentem por favor.

  55. Senhores, parabéns pelo Blog.
    Vou me aventurar nessa atividade, tenho uma dúvida inicial, qual é o espaçamento ideal, para o Mogno?? na região da Amazônia!

  56. Jesiane,

    Um kg de sementes de Mogno Brasileiro tem + ou – 2300 sementes. Se voce consequir um indice de germinação de 60 % (já consegui) voce vai fazer umas 1300 mudas.

    Luis Paulo

  57. tenho uma plantação de mogno africano senegalense, esta com 3 anos e meio, agora comecou aparecer em algumas arvores uma lagarta, que esta entre a casca e a madeira, nas arvores que tem a lagarta solta uma resina, gostaria informação qual inseticida que combate tal praga, aguardo orientação, ficarei muito agradecido.José Flávio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *