Nasceram as primeiras sementes no viveiro!

Ufa!

Algumas das sementes das primeiras mudas feitas já apontaram, germinaram. Bom demais.

Gabriel já estava pensando em fazer uma análise em laboratório da qualidade das sementes que compramos, mas vamos esperar mais um pouco. Parece que está tudo caminhando naturalmente.

A gente fica um pouco aflito mesmo. Misturamos aquela terra toda, aquele adubo todo com esterco, ensacamos e plantamos, um trabalho danado e … essas sementes não germinavam! E semana passada achei ainda algumas larvas na sementeira, o que deixou a coisa mais tensa.

Mas…germinaram!

Para tirar a dúvida do Gabriel, todavia, mandei um e-mail para o Willian da Caiçara Sementes para saber novamente sobre o percentual de germinação das sementes compradas. Ele deve responder nessa semana.

O Dinho acrescentou cascalho no chão do viveiro, conforme pedimos. O sistema de irrigação estava deixando tudo bastante lameado, não estava legal. Depois de colocar o cascalho ficou ótimo. Solicitamos que reduzisse também um pouco o tempo de irrigação. Baixamos para 10 minutos por irrigação, pois da forma como estava sendo feita, a terra estava sendo lavada demais e esse não é o objetivo. A semente plantada próxima a superfície precisa ter a sua volta os nutrientes dos adubos e esterco e ,se enchemos de água a todo o tempo, eles descem para o fundo no saquinho ou até mesmo saem pelos pequenos buracos do plástico.

São detalhes que valem a pena pensar. É necessário observar sempre, tudo a volta do ambiente do viveiro.

Fiquei de tirar fotos para mostrar como tudo está, mas consegui esquecer a máquina em BH. Semana que vem, sem falta, mostro tudo com boas fotos.

Abraços e boa semana!

4 thoughts on “Nasceram as primeiras sementes no viveiro!

  1. Ola. Amigos , tambem pretendo plantar Mogno e gostaria muito de participar com voces o que voces ja adquiriram de conhecimentos. Tenho uma area de 95000mts2 em Bonfim com solo bom e agua (Nascente).
    Por favor poderiam me informar onde posso obter informacoes de plantio do mogno em nosso estado, levando sempre em consideracao nosso clima e relevo.
    Obrigado,

  2. Bom tarde, Prendice.

    Eu pesquisei muito em conteúdos na própria internet, achei alguns materiais de pesquisadores que fizeram estudos de campo e é fato que em nossa área aqui em MG, principalmente no seu caso que tem bom terreno e água, fica perfeito para o plantio.

    Sobre informações básicas, sugiro a introdução que a Caiçara Sementes faz sobre o plantio. Nessa empresa (não ganho nada indicando ela, fique bem claro, eu apenas fui bem atendido pelo Willian) inclusive vende sementes da espécie. Acesse: http://www.sementescaicara.com.br/smogno.html para ver algumas das informações que ela disponibiliza.

    Um estudo interessante e prático você pode encontrar no arquivo em pdf em: http://www.if.ufrrj.br/revista/pdf/Vol5%20139A145.pdf

    Sobre formulação de substrato para o plantio das sementes, sugiro que procure um agrônomo e faça uma análise do seu solo. No plantio, os componentes básicos são: terra + esterco de qualidade + adubos (conforme necessidade da terra).

    Abraço e continue conosco! Não deixe de postar também o que você tem aprendido na sua evolução.

  3. Minhas felicitações por tão oportuno e útil blog.
    Fiqei muito interessãdo e comecei a pesquisar, na internet, sobre o “vantajoso” plantio do mogno brasileiro.
    No entanto, há poucos dias, vi reportagem sobre uma pessoa que plantou mais ou menos duzentos hectares dessa especie. Mas, depois de anos, quando as árvores já frondosas, ao que parecia de mais ou menos vinte metros de altura, o seu infeliz proprietário/plantador, foi impedido de cortá-las, logicamente, quando, assim, usufruiria de uma doce rica e folgada aposentadoria. Não foi uma verdadeira sacanagem de uma esdrúxula e inconsequente legislação?
    Grato. Gerardo Parrella

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *