Viveiro cheio!

Nosso viveiro está completo e em pleno funcionamento.

A bancada central tem capacidade 2 vezes maior que as dos cantos do viveiro, cabendo, conforme medidas já mostradas no artigo anterior, em algo em torno de 500 mudas. Então, 300 + 300 mudas das bancadas dos cantos do viveiro + 500 da bancada central, temos algo em torno de 1100 mudas em todo viveiro.

Comprei uma mangueira de 50 metros para fazer a irrigação no interior, conforme indicação do Gabriel. As mudas tem sido irrigadas 2 vezes por dia, no período da manhã e final da tarde. Foram inseridos 5 asperdores giratórios por segmento de 9 metros cortados da mangueira. Cortamos 2 segmentos desses. Casa segmento irriga 1 bancada de um dos cantos do viveiro mais metade da bancada central.

Os aspersores têm distância de 1,60 m um do outro num segmento de 9 m. Uma das pontas do segmento é fechada (Dinho fechou com um toquinho de madeira) e, obviamente, na outra ponta se conecta a mangueira com água da torceira (32 metros restantes da mangueira comprada). Os segmentos foram fixados perto das bancadas por astes de bambu, pouco acima da altura dessas bancadas. Essa altura é regulada de forma que se perceba que todas as mudas estejam recebendo os pingos d’água.

É bacana ver tudo aquilo girando e irrigando direitinho, cobrindo toda área necessária para molhar todas as mudas.

Sobraram umas 250 sementes de Mogno Brasileiro para plantar (estão na geladeira, para conservar) ainda e sobraram também uns 50 saquinhos com substrato, só esperando por semente. Esses 50 estão fora do viveiro, debaixo de um pé de Manga. São molhados 2 vezes por semana, 1 vez por dia, mesmo sem semente. Até final de Maio, claro 2008, plantamos nesse resto de saquinhos. O resto das sementes ficarão como reserva para possíveis substituições caso tenhamos alguma muda perdida.

Semana que vem mostro imagens do viveiro a todo vapor!

Abraço a todos e boa semana!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *