Novo viveiro funcionando

Conforme já citado no último artigo, construimos um novo viveiro que vai atender agora o plantio de outra espécie nativa: o cedro australiano.

Viveiro com estrutura parecida com a anteior (sombrite de 30% e bambu)

Como escolhemos um lugar com muitas pedras, foi necessária a ajuda extra de mais uma pessoa boa de serviço para poder meter a picareta naquele cascalho bravo onde a gente planejou fazer o viveiro. Então, quem trabalhou sábado e domingo fomos Gustavo, eu, Gabriel, Pernambuco e Dinho. O lugar era adequado pelo fato de estar próximo de água (existem 2 carneiras no córrego, próximas a essa área) e também estar próxima a casa do Dinho. Isso tudo oferece mais facilidade e agilidade a quem está diariamente ali cuidando, no caso, nosso empregado Dinho. Além disso, como naquele lugar o terreno tem muitas pedras e não nascia nada, foi legal preenchê-lo com o viveiro. Outro fator interessante é o fato de esse lugar de pedras ser de ótima absorção da água, evitando assim o excesso de umidade dentro do viveiro.

Tubetes na bancada de tela.

Dessa vez fizemos também o plantio de outras espécies nativas como o Jequitibá Rosa, Guanandi e Teca. Essas espécies não ficaram no viveiro com tubetes mas serão, assim que germinarem, transplantadas para saquinhos com substrato. Essas espécies estão em sementeiras.

Achei interessante comprarmos sementes de Jequitibá Rosa pelo simples fato da cidade da nossa fazenda chamar Jequitibá-MG e não sabermos de nenhum lugar ali onde se comercializa mudas dele. Achei que isso poderia ser interessante à região…

Estamos molhando as sementes, tanto nas sementeiras quanto nos tubetes, de forma manual, sem aspersores e 2 vezes por dia. Isso irá mudar em breve pois aspersores independem do trabalho humano, deixando o empregado livre para realizar outras atividades.

Estrutura de madeira para fixar a tela e os tubetes.

Estamos finalizando a construção da estrutura básica do viveiro (falta inclusive cerca-lo com tela, pois tem uns gansos e galinhas lá que adoram viveiros e sementeiras de árvores nativas… Se essas suculentas aves continuarem gostando assim das sementes cuidarei para que elas façam parte da santa ceia desse ano lá de casa, prometo…).

Assim que tiver outras evoluções no viveiro e/ou as primeiras sementes nascerem, posto aqui um novo artigo.

Abraço e ótima semana a todos!

8 thoughts on “Novo viveiro funcionando

  1. estou para iniciar o plantio de mogno nacional e estou a procura de sementes com boa germinaçao e preço baixo gostaria de saber quanto vc esta vendendo o quilo da semente e quantas sementes tem em um kilo. frete para divinopolis mg cep 35500-008
    obrigada

    Mariana

  2. Geraldo, tudo bem?

    Eu não tenho sementes para fornecer. Espero ter meu viveiro em pleno funcionamento para começar a vender daqui 1 ou 2 anos.

    Eu costumo comprar sementes na Sementes Caiçara (http://www.sementescaicara.com.br)

    Entre em contato com Wilian (sementescaicara@hotmail.com) caso queira já conversar com um vendedor. Costumo comprar na mão dele. Eles enviam por sedex.

    Abraço e obrigado pela visita ao nosso blog. Continue conosco.

  3. Boa noite!

    Tenho algumas perguntas, caso possa me ajudar.

    1 – Na sementeira onde usou 4 carrinho de areia e 1 de esterco, vc acrescentou algum outros produto?

    2 – Qual a dimensão do tubete que usou? seria de 30mm por 120 mm? Ele deve ter dimensão específica?

    3 – Prentendo puxar água da represa que fica a 500 metros do local do plantio. Para isso uma bomba de 3 ou 5 hp seriam suficientes no seu ponto de vista?

    Obrigado. Boa noite

  4. Boa noite, Danilo!

    1- Em primeiro momento não acrescentamos nenhum produto.

    2- Cara, não estou com essa medida de de cabeça aqui. Acabei de pegar uma régua aqui e te digo: tem uns 15 cm de tamanho e uns 8 cm de diâmetro na boca dele (ele afunila ligeiramente).

    3- Utilizamos uma Motobomba Schneider BC 91 SK 1,0 cv, ou seja, creio que 3 hp vai ser bem satisfatório. Consulte um técnico, caso tenha dúvida, se o seu terreno for acidentado demais e precisar de mais força para trazer essa água. Estou levando em consideração que esse trajeto da água tem pouco desnível.

    Espero ter ajudado!

    Abraço e sucesso, companheiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *